Simone e o troféu internacional de artes cénicas Finalmente Club

Pela terceira vez o Finalment Club instituiu o troféu internacional artes cénicas.
Um juri constituido por 11 individualidades, escolheu e premiou a cantora e actriz Simone de Oliveira, e a noite foi de grande festa, Divina e maravilhosa, assumindo as suas rugas, com 80 anos de idade e 60 anos de carreira Simone de Oliveira continua a cantar, e a interpretar, como só ela sabe fazer, e deslumbra sempre.

Há dias atrás Simone, foi rainha de uma noite de festa, durante a qual recebeu o Troféu Internacional de Artes Cénicas Finalmente Club/2018, que a distingue como “personalidade que melhor dignifica o ideal de construção dos conceitos de Memória versus Identidade na Cultura Portuguesa.

A celebração, que começou à porta do Finalmente com um agradável welcome dinner party , reuniu muitos amigos e clientes da casa, .assim como muitos fãs da artista que não quiseram deixar de a homenagear de perto. Apesar da recente operação que fez, Simone chegou apoiando-se a uma bengala sem perder o seu porte de rainha- Com um penteado que lembrava o que usou durante anos a princesa Grace Kelly , a “nossa senhora das cantigas “ estava elegantíssima num tailleur pantalon .negro com uma camisa de seda branca que lhe ia lindamente Crivada de beijos e abraços, aguentou muito bem as selfies , que não paravam, pois ninguém queria perder a oportunidade de mostrar que esteve ali bem perto da eterna intérprete da “Desfolhada” . Já dentro do Clube, a pista desta vez com cadeiras, não chegou para sentar toda a gente, mas de pé também se estava bem, para ouvir e ver o espectáculo. E a noite começou, com o show do team de artistas da casa, que em divertidos e bem conseguidos play backs, fizeram um espectáculo de transformismo fantástico, e interpretaram até canções de Simone. Inclusive um dos transformistas convidados ficou encantado, por cantar a Desfolhada… foi o máximo.

Depois acompanhada pelo maestro Nuno Feist, Simone cantou, alguns dos seus êxitos…e como cantou. Os aplausos não se fizeram esperar Depois foi a vez do júri que escolheu, a vencedora do troféu, subir ao palco.

E assim a saber são. José António Marquina (director-geral do Finalmente Club), Paulo Jorge Pereira (advogado), Fernando Santos (versus) Deborah Krystall (director artístico do Finalmente Club), Ana Rita Clara (apresentadora de tv), Hélder Freire Costa (director-geral do Teatro Maria Vitória), Paula Cosme Pinto (blogger “A vida de saltos altos”), Carlos Sanches Ruivo (presidente da Variações), João MacDonald (editor executivo da Revista UP!), Luís Lobo Alves – Xana- (gerente do Finalmente Club) e Ulika da Paixão Franco (CEO da agência de comunicação UPF Comunicação e Relações Públicas). Também presente esteve Rosa Monteiro , Secretaria de Estado da Igualdade – Carla Madeira (presidente da Junta de Freguesia da Misericórdia),foi quem entregou a Simone o galardão.

E até houve um super fogo de artificio

E por aqui me fico…
pois se disse ESTÁ DITO….
e Melhor foi…

 

Texto e Fotos Abel Dias

Category:
  Notícias Finalmente
this post was shared 0 times
 000

Leave a Reply

Your email address will not be published.

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish